jump to navigation

Grafite documentado 30/10/2009

Posted by Carol Patrocinio in Cinema, grafite, iG Street.
Tags: , , , ,
1 comment so far

riskos urbanos

Você conhece a história do grafite? Sabe quando foi que ele deu as caras pelo Brasil e como vive até hoje? O videomaker Leo Moreira criou o documentários Riskos Urbanos para acabar com essa deficiência de informação, pelo menos sobre a cena de Belo Horizonte.

O documentário está na internet e você pode conferir todo o trabalho aí, sentadinho, sem sair da frente do computador. Preparado?

Parte I

Parte II

O que você achou? Gostou? Acha a iniciativa interessante? Comente!

Anúncios

Aproveitando a paisagem urbana 13/10/2009

Posted by Carol Patrocinio in Cultura de rua, grafite, iG Street, street art.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

P1040801

Arte de rua não é apenas modificar o que existe, a prova disso é o Trase, um artista de Cingapura que acredita ser ativista de arte de rua desde que começou a grafitar, em 1999.

O cara é artista em tempo integral e leva a arte a sério, buscando seu amadurecimento e crescimento. Depois de ganhar alguns prêmio e finalizar seus estudos, Trase tem exibido seu trabalho na Ásia, Alemanha e EUA.

Utilizando-se de sombras ou obstáculos que normalmente incomodariam os grafiteiros, o artista faz seu stencil participar da paisagem urbana como se sempre tivesse estado ali, no lugar escolhido para sua intervenção.

SS3 Trase-1 Trase-2

Trase-3 Trase-4 Trase-5

Corpo grafitado 06/10/2009

Posted by Carol Patrocinio in Cultura de rua, grafite, iG Street, street art.
Tags: , , , , ,
1 comment so far

3551123863_b149b82a82_b

Gemma O’Brien é designer tipográfica e aproveita o blog For the Love of Thype para divulgar suas letras, formas e estilos. Este ano ela foi uma das palestrantes do evento Typo Berlin 2009, que reune os maiores nomes da tipografia mundial.

Antes da conferência, Mrs. Eaves, como é conhecida a artista, gravou um documentário sobre grafite. Se você pensa que a garota apoia a arte como ela é feita atualmente está muito enganado! O vídeo é parte da campanha “ Write Here, Right Now”, para que o grafite seja em lugares adequados.

3551832760_ff5149704b_b  3551044061_fe4569c55e_b  3551944348_d5e8984921_b
[Imagens: Alexander Blumhoff]

Na opinião de O’Brien, propriedades privadas de outras pessoas não devem ser alvo dos grafiteiros, o foco deve ser sua propriedade. No caso da artista, o corpo é a propriedade privada escolhida. Foram oito horas de escrita! Quer ver o vídeo?

Picasso era do grafite! 07/09/2009

Posted by Carol Patrocinio in grafite, iG Street.
Tags: , , , , , , , , ,
3 comments

O nome dele já é uma obra de arte: Pablo Diego José Francisco de Paula Juan Nepomuceno María de los Remedios Cipriano de la Santísima Trinidad Ruiz y Picasso. Sim, esse é o nome completo do pintor que revolucionou as artes plásticas no século XX.

Picasso nasceu em 1881, em Málaga, e se tornou um dos artistas mais reconhecidos do mundo por seus trabalhos em diversas frentes.

O que muitos nem imaginam é que um dos fundadores do Cubismo e autor da Guernica também foi vanguardista em outra arte, ainda hoje marginalizada: a do grafite. O Light Grafite, ou grafite com luz, é hoje bastante difundido nos países da Europa e foi muito comentado no Brasil há pouco tempo.

O que Picasso fazia era trabalhar com uma câmera fotográfica com possibilidade de um bom tempo de exposição até que a foto fosse batida e, então, desenhava com luz – manipulando o princípio básico da fotografia.

Nós escolhemos algumas fotos dessa arte já praticada em 1949 por um dos grandes gênios das artes visuais. As demais imagens você pode conferir no site da revista Life.

O GAS Festival foi demais! 01/09/2009

Posted by Carol Patrocinio in Cultura de rua, Eventos, grafite, hip hop, iG Street, skate, street art.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

Se você, assim como a gente, passou por lá, pôde comprovar que foi uma dia extremamente bacana pra todo mundo! Skatistas, galera de BMX, pessoal do inline, b-boys e b-girls, além dos grafiteiros convivendo em perfeita harmonia.

Teve batalha surpresa de freestyle com o Emicida e o Rashid, papo com o pessoal da banda Face to Face e entrevista com o diretor do primeiro filme sobre skate do Brasil! Mas tudo isso você vai ver aos poucos nos vídeos que a gente vai colocar aqui pra você.

Preparado? Então o primeiro de todos é uma entrevista com os californianos do Face to Face, uma das bandas de hardcore mais queridas pela galera que curte o movimento street!

Problemas para ver o vídeo? Veja direto na TV iG!

Você estava lá? O que achou da festa? Comente!

Grafite em filme 28/08/2009

Posted by Carol Patrocinio in grafite, iG Street, street art.
Tags: , , , , , , ,
add a comment

Um desenho em uma parede, qual a sensação de movimento que isso te dá? Nenhuma, né?! Só que isso acaba na hora em que você conhece o trabalho do pessoal do Graffiti com Pipoca ou do Blu Video.

Grafite e áudio visual trabalhados lado a lado criam um tipo de desenho animado, curta metragem ou vídeo clipe, como o produzido pelo Graffiti com Pipoca para o Teatro Mágico. Existem diferenças na produção gringa e brazuca, mas os dois têm muita qualidade e são uma nova expressão da arte!

Graffiti com Pipoca

MUTO a wall-painted animation

O Projeto Graffiti com Pipoca oferece oficinas com aulas teóricas e práticas sobre grafite, vídeo e animação desde 2006, no Jabaquara, em São Paulo. O intuito do grupo é despertar a consciência social e preparar os jovens para um maior engajamento na luta contra a exclusão.

Limpeza artística 20/08/2009

Posted by Carol Patrocinio in Cultura de rua, grafite, iG Street, street art.
Tags: , , , , , ,
add a comment

Algumas pessoas dizem que grafite é poluição visual, que suja a cidade e quem o faz está maltratando o local em que vive. Essas pessoas certamente não conhecem o artista brasileiro Alexandre Orion ou o projeto gringo Reverse Graffiti.

Os dois projeto têm a mesma ideia: limpar a cidade. Agora você fica sem entender como alguém pode limpar e fazer grafite ao mesmo tempo, certo? A gente explica!

Você encontra por aí muitas paredes imundas, túneis com sujeira acumulada há anos e lugares que ninguém “passa um paninho”. Esses locais são muito mais fáceis de serem encontrados do que você sonha!

O projeto brasileiro chama Ossario e teve início em 2006, no túnel que liga a Avenida Europa e a Cidade Jardim, em São Paulo. O artista fotografa cada passo do seu trabalho e, é claro, teve problemas com a polícia, afinal, como você vai explicar que está fazendo arte num lugar de total descaso com a limpeza por parte das autoridades?

A versão gringa rolou em São Francisco, num túnel da Broadway, no mesmo esquema de tirar a sujeira das paredes marcadas por antigas pinturas, sujeira e poluição. O projeto surgiu em 2008 com a união de um artista e um documentarista.

Reverse Grafite

Alexandre Orion

Curtiu a ideia? Alguém ainda pode dizer que grafite é sujeira? Comente!

Arte em bueiro 04/08/2009

Posted by Carol Patrocinio in grafite, iG Street, Sem categoria, street art.
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
4 comments

Esse trabalho, além de ser uma forma de divulgar a arte em meio à paisagem cinza das grandes metrópoles, é “modificar o meio ao qual todos vivemos propondo um novo olhar e uma reflexão em cima de temas gerados pelo trabalho inusitado e criativo”, segundo o site da dupla responsável por obras incríveis.

Eles são o “6emeia” – Anderson Augusto e Leonardo Delafuente, o SÃO e o Delafuente, respectivamente – e moram no bairro da Barra Funda, em São Paulo. As obras podem ser encontradas em bairros como Bom Retiro, Santa Cecília, Higienópolis, Pacaembu, Campo Limpo e a própria Barra Funda.

Nossas fotos preferidas estão na galeria aí embaixo e as imagens de todos os trabalhos dos garotos podem ser vistas no Flickr da dupla.

Já tinha visto esse tipo de trabalho? O que achou? Comente!

Grafite no campo de arroz? 28/07/2009

Posted by Carol Patrocinio in grafite, iG Street, street art.
Tags: , , , , , , ,
2 comments

Calma! Ninguém está jogando tinta tóxica no arroz que você adora comer nas suas refeições. O que os japoneses – como eles podem ser tão criativos? – estão fazendo é usar diferentes tipos de arroz para que as cores nas plantações sejam diferentes e formem desenhos, tudo de acordo com o local onde é plantado.

O site Funster tem uma galeria com mais imagens e nós escolhemos as mais bacanas pra você ver como é possível fazer arte em qualquer lugar, não importa qual seja o seu trabalho, dá pra deixar com um quê artístico.

O que você achou? Criatividade sem limites e arte em todos os lugares é algo positivo? Comente!

Mapa do grafite 02/07/2009

Posted by Carol Patrocinio in grafite, iG Street, Sem categoria, street art.
Tags: , , , , , , , , , ,
12 comments

Em Londres as coisas são um pouco diferentes daqui, mas é claro que não é nada totalmente diferente, afinal, ainda temos muros e artistas com latas de spray nas mãos. O que isso significa? Grafites incríveis!

O site Bristol Street Art Project faz um catálogo dos trabalhos a partir de fotos e mostrando os lugares onde elas foram tiradas, a partir de um mapa no google.

O mais legal é que você pode colocar suas fotos no site também, inserir no mapa e tal. Mas só se você estiver dando uma passada por Bristol. Né!

Que tal criar um desse aqui no Brasil? Você apoiaria? Comente!